Taras sexuais: Fisting #7

E definitivamente, não faltam fetiches para a minha “lista”. O desta semana então, bastanteeeee curioso. Uma boa leitura!

Item 1 - O que é o Fisting?

Bom, e antes de tudo, procure não confundir “fist” com “first”. Garanto uma coisa não tem nada a ver com a outra. O “fist”, no caso, está relacionado a dois significados distintos. O primeiro, e mais conhecido, ao ato de empunhar.

Sim, empunhar. Nesta fantasia, aliás, ele é bastante valorizado. Em especial, em orifícios como o ânus e a vagina.

2 - Como ele ocorre?

Basicamente, por meio do braço e do antebraço. Em comum é claro, as mais diferentes sensações. Na vagina, por exemplo, um maior estado hipnótico. Mais do que isso, uma maior contemplação.

3 - Quais os locais escolhidos?

Diversos, na realidade. De quadras de vôlei a campos de futebol. Nas saunas, por sua vez, uma maior intimidação masculina. Seja antes, durante ou após o processo.

4) E a respeito da faixa etária, alguma recomendação?

Até o momento não. O que existe, de fato, é uma predileção por adolescentes. Sim, adolescentes. No caso, por aqueles entre 15 e 19 anos de idade.

5)  Estou interessado, onde posso praticar?

Calma, querido leitor. Não é tão simples assim. Dependerá e muito, da concordância da sua parceira, e mais da maturidade desta.

6) Então, eu não tenho parceira. Posso experimentar com o meu parceiro?

Sim, se é um desejo dos dois, qual o problema? Ah, só um conselho: Seja discreto! Lembre-se: Segurança acima de tudo (risos)

7) Entendido, onde posso obter informações?

Bem, de um modo geral, através da Internet. Para os mais excêntricos, aliás, mais duas opções: as casas de swing, ou ainda, as baladas GLS.

PS: E ai, ficou vontade? Participaria deste fetiche? Não deixe de participar!

*Enter your name

*2 characters minimum.

Do not change these fields following

    88 thoughts on “Taras sexuais: Fisting #7”

      1. Então, Ana, ele funciona da seguinte forma: A pessoa “empunha” o antebraço, e coloca em determinados locais. hahahaha

      2. Nesse fetiche o punho vai todo. E até o resto do braço, dependendo da insanidade dos seus idealizadores.

        Santa perversão. 

    1. Nuuuuuuuuooooooooooossa!!! Já vi uns vídeos disso aí, uns c/ aquela atriz pornô Belladonna e dá p/ vc ficar impressionado.  Abs.

      1. Pq é verdade, Wagner. Dependendo da excitação, a pessoa acaba “contemplando” melhor. Valorizando aquilo, e sentindo prazer.

    2. Um dia desse eu vi umas fotos disso aí num site em q as mina doida envia foto pelada,a muié enfiava a mão inteira nos 2 buracos…não vou colocar o link por q esse é um site de família
      kkkkkkkkk

      1. Mas sabe, mas por bizarro que seja, muitas pessoas fazem isso. Aqui no Brasil nem tanto, mas lá fora, nossa….Tem gosto pra tudo. hahaha

    3. okay eu pesquisei no google, é incrível.. u.u

      no entanto em qualquer pornô barato hoje em dia você vê isso..`-´
      uma dica se pesquisarem desative o safe search (muhuhuhhaha)

    4. Alguém sabe o significado da expressão “arrombada”? Nessa tara aí isso é levado ao pé da letra.  Abs.

    5. Como ouvi uma vez por aí,as mulheres q praticam esse fetiche podem fazer filmes pornôs mas geralmente não como atrizes,elas alugam a vagina como set de gravação
      kkkkkkkkkkkk 

    6. Já vi um filme disso… o povo parecia gostar.
      A alguns anos atras fiquei sabendo que isso tinha nome, nem me lembrava que existia, até agora.
      Eu não faria, mas gostaria de ver um show desse em uma boate.

      1. Eu brinco e tudo, mas fico imaginando a cena: A pessoa lá, morrendo de dor…Nossa, como será q conseguem? hahaha

        1. Nos filmes parece a coisa mais fácil do mundo, mas até ter um relaxamento muscular demora vários minutos, porque é praticamente “um parto de trás para frente”.

    7. Acabei de ver um video onde o cara coloca o pé e a cabeça dentro da vagina da mulher… Vei, na boa, vei… Não pode ser possível!

    8. Gosto muito de fisting e realmente recomendo! Já pratiquei com 3 ex namoradas minhas que gostaram e muito!!! Fiz vaginal nelas e elas atingiam o orgasmo quase que instantâneamente quando a mão entrava toda. Existe muito preconceito quanto a prática, muitas tem medo, mas não é nada prejudicial desde que feito com respeito e carinho. Toda mulher é capaz desde que respeite seu tempo e seus limites.

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *

    You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>