Pornô de um jeito que você nunca viu! #11

25

Será que é possível fazer filmes adultos de uma forma politicamente correta? Afinal de contas, quem é que nunca procurou um videozinho de safadeza na web que atire a primeira pedra não é verdade?

Para que todas as pessoas possam apreciar um bom filmezinho adulto em família hoje, mais uma vez, o Minilua traz uma iniciativa inovadora!

 

 

Confira:

02

04

06

07

08

09

10

11

12

13

14

15

16

17

18

19

20

21

22

23

24

 

E aí, gostou? Compartilhe com seus amigos no Twitter e Facebook! Se quiser me adicionar no Face:http://www.facebook.com/adrianosaadehminilua

 

Artigos relacionados:

59 comentários em “Pornô de um jeito que você nunca viu! #11”

    1. Sexo!

      Sexo!

      Como é que eu fico sem Sexo?

      Eu quero Sexo! Me dá Sexo!

      Hoje vai passar um filme na TV

      Que eu já vi no cinema

      Êpa! Mutilaram o filme

      Cortaram uma cena…

      E só porque

      Aparecia uma coisa

      Que todo mundo conhece

      Se não conhece

      Ainda vai conhecer

      E não tem nada de mais

      Se a gente nasceu

      Com uma vontade

      Que nunca se satisfaz

      Verdadeiro perigo

      Na mente dos boçais…

      Corri pr’o quarto

      Acendi a luz

      Olhei no espelho

      O meu tava lá

      Ainda bem

      Que eu não tô na TV

      Senão ia ter que cortar…

      Ui!

      Sexo!

      Como é que eu fico sem Sexo?

      Eu quero Sexo! Me dá Sexo!

      Sexo!

      Como é que eu fico sem Sexo?

      Eu quero Sexo! Vem cá Sexo!

      Bom! Vá lá, vai ver

      Que é pelas crianças

      Mas quem essa besta pensa

      Que é prá decidir?

      Depois aprende por aí

      Que nem eu aprendi…

      Tão distorcido

      Que é uma sorte eu não

      Ser pervertido

      Voltei prá sala

      Vou ver o jornal

      Quem sabe me deixam

      Ver a situação geral

      E é eleição, é inflação

      Corrupção e como tem ladrão

      E assassino e terrorista

      E a guerra espacial

      Socorro!…

      Eu quero Sexo! Me dá Sexo!

      Como é que eu fico sem Sexo?

      Sexo!

      Me dá Sexo! Me dá Sexo!

      Eu quero Sexo!

      Sexo! Eu quero Sexo!

      Como é que eu fico sem Sexo?

      Me dá Sexo! Me dá Sexo!

      Eu quero Sexo!

      Como é que eu fico sem Sexo?

      Sexo!

      Sexo! Eu quero Sexo!

      Como é que eu fico sem Sexo?

      Vem cá Sexo! Senta Sexo!

      Vem cá Sexo! Me dá Sexo!

      Solta Sexo!

  1. Sexo

    Ultraje a Rigor.

    Sexo!

    Sexo!

    Como é que eu fico sem Sexo?

    Eu quero Sexo! Me dá Sexo!

    Hoje vai passar um filme na TV

    Que eu já vi no cinema

    Êpa! Mutilaram o filme

    Cortaram uma cena…

    E só porque

    Aparecia uma coisa

    Que todo mundo conhece

    Se não conhece

    Ainda vai conhecer

    E não tem nada de mais

    Se a gente nasceu

    Com uma vontade

    Que nunca se satisfaz

    Verdadeiro perigo

    Na mente dos boçais…

    Corri pr’o quarto

    Acendi a luz

    Olhei no espelho

    O meu tava lá

    Ainda bem

    Que eu não tô na TV

    Senão ia ter que cortar…

    Ui!

    Sexo!

    Como é que eu fico sem Sexo?

    Eu quero Sexo! Me dá Sexo!

    Sexo!

    Como é que eu fico sem Sexo?

    Eu quero Sexo! Vem cá Sexo!

    Bom! Vá lá, vai ver

    Que é pelas crianças

    Mas quem essa besta pensa

    Que é prá decidir?

    Depois aprende por aí

    Que nem eu aprendi…

    Tão distorcido

    Que é uma sorte eu não

    Ser pervertido

    Voltei prá sala

    Vou ver o jornal

    Quem sabe me deixam

    Ver a situação geral

    E é eleição, é inflação

    Corrupção e como tem ladrão

    E assassino e terrorista

    E a guerra espacial

    Socorro!…

    Eu quero Sexo! Me dá Sexo!

    Como é que eu fico sem Sexo?

    Sexo!

    Me dá Sexo! Me dá Sexo!

    Eu quero Sexo!

    Sexo! Eu quero Sexo!

    Como é que eu fico sem Sexo?

    Me dá Sexo! Me dá Sexo!

    Eu quero Sexo!

    Como é que eu fico sem Sexo?

    Sexo!

    Sexo! Eu quero Sexo!

    Como é que eu fico sem Sexo?

    Vem cá Sexo! Senta Sexo!

    Vem cá Sexo! Me dá Sexo!

    Solta Sexo!

  2. ela esta fazendo um boneco de neve numa plantação de algo semelhante a trigo ao lado de um homem com um capacete de ciclismo…

    não tenho argumentos…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>